Seminário de Pesquisa e Extensão Arte na Escola: formação e profissionalização docente em Arte


Com muita satisfação convidamos as professores de arte a participar do Seminário de Pesquisa e Extensão Arte na Escola: formação e profissionalização docente em Arteque acontecerá no Centro Pedagógico Paulo Freire, no mini auditório 301-302, asa sul, 3º andar, Cidade Universitária do Bacanga, São Luís - MA, no período de 17 a 19 de novembro de 2013.

Este Seminário é parte das ações do Projeto de Pesquisa Dos Dois Lados: o que se ensina e o que se aprende nas aulas de arte no Maranhão?  O objetivo é socializar os levantamentos realizados e traçar ações conjuntas.

Estão previstas as seguintes ações:
1) Mesa redonda;
2) Socialização de Pesquisas;
3)Grupos de Trabalho;
4) Encaminhamentos – de acordo com a realidade de cada município;
5) Lançamento da DVDteca de Teatro. Repertório doado pela TV Sesc


Para garantir sua inscrição no evento, enviem a ficha preenchida para o email teatro.ead@hotmail.com.   



1 comentários:

XIV Prêmio Arte na Escola

O Prêmio Arte na Escola celebrou o belo trabalho de alguns professores de Arte pelo Brasil.


Seguem os vídeos que são  inspirações para nosso trabalho diário. Boas práticas para divulgarmos sempre!

0 comentários:

Exposição: "FESTA DO DIVINO DA CASA DE NAGÔ: PRINCESA SERVANA AOS IMPÉRIOS", do Fotógrafo Adson Carvalho




Exposição: "FESTA DO DIVINO DA CASA DE NAGÔ: PRINCESA SERVANA AOS IMPÉRIOS", do Fotógrafo Adson Carvalho

Abertura:  Amanhã,  terça-feira, dia 12, às 19 h.
Local: Galeria Trapiche Santo Ângelo (Av. Vitorino Freire, s/nº -Praia Grande - Defronte do Circo da Cidade.
Apoio: FUNC

Entrada Franca

0 comentários:

XIII Encontro Humanístico





Com satisfação informamos que q programação do XIII Encontro Humanístico está disponível. O evento tem o Multiculturalismo como tema norteador e ocorrerá entre os dias 11 e 14 de novembro de 2013.
Os interessados podem participar de todas todas as atividades programadas. Porém, a emissão dos certificados está condicionada a inscrição no sítio eletrônico do evento, conforme instruções dispostas no link instruções.
Lembramos que minicursos, mesas redondas e atividades artísticas têm início já no dia 11 de novembro, primeiro dia do Encontro. Confira os dias e locais das atividades de seu interesse.
Contamos com sua participação e esperamos ter um excelente Encontro.
Um afetuoso abraço de toda a comissão organizadora.

0 comentários:

Carta da FAEB as secretarias de educação





Sabe aquele edital equivocado, aquele concurso com conteúdos polivalentes? Pois bem, a Faeb (Federação dos Arte Educadores do Brasil) fez um documento para nortear as prefeituras que não estiverem atualizadas sobre a legislação pertinente ao ensino de arte. Todo professor deve ter esse no pendrive. 

Segue link com o documento: Carta Faeb


 

0 comentários:

ENTREVISTA: Ilcirene Dias

ENTREVISTA: Ilcirene Dias

A Supervisora de Artes da Secretaria de Educação de Joinville (SC), município parceiro do Arte na Escola há 16 anos, afirma que investir em educação continuada do professor de Arte é melhorar também a alfabetização.


As ações inerentes a esta parceria não tem custo financeiro para a
Secretaria da Educação devido ao convênio de cooperação mútua.



Qual a importância da parceria da Secretaria da Educação com o Polo Arte na Escola Univille para a formação dos professores de arte?

Esta parceria é de grande importância, pois têm possibilitado durante dezesseis anos a constituição de grupos de estudos da educação infantil às séries finais. Nos grupos há aprofundamento conceitual e metodológico, trocas de experiências, visitas mediadas as exposições, participação em viagens de estudos, acesso a pesquisas e referências bibliográficas atualizadas sobre a arte e seu ensino. Assim como há apoio e orientação na implementação da proposta educativa em Arte da Secretaria da Educação, elaborada pelos professores de arte.

Tem-se acesso aos DVDs sobre arte feita no Brasil (120 dvds), que estão disponibilizados na Biblioteca da Univille e a todos os materiais educativos que o Arte na Escola elabora.

A Secretaria da Educação recebeu grande variedade de materiais educativos, livros, revistas e DVDs que foram incorporados ao acervo desta e posteriormente disponibilizados na Biblioteca Pública, para que os professores tenham facilidade de acesso.

Os professores de arte participam dos encontros, workshop, seminários, fóruns e congressos organizados pelo referido Programa.

A parceria é importante também pelas orientações, assessorias e acompanhamentos do desenvolvimento do ensino da arte à coordenação, aos supervisores e aos docentes de arte.

As ações inerentes a esta parceria não tem custo financeiro para a Secretaria da Educação devido ao convênio de cooperação mútua. À Secretaria ao longo desses anos coube apenas liberar os professores de arte para participar dos grupos de estudos (realizados mensalmente), aos encontros e eventos.

Quando é necessário trazer profissionais de fora da Univille para capacitação a partir de projetos específicos, então cabe à Secretaria o custo financeiro deste, mas a orientação e a indicação dos profissionais de referência no país e a mediação para que os mesmos venham ficam a cargo do Arte na Escola.

A partir do segundo semestre de 2011 os supervisores passaram a ter encontros periódicos com a equipe do Arte na Escola, com vistas a terem uma melhor compreensão do ensino da arte e assim terem respaldo conceitual e metodológico para supervisionar o ensino da arte no âmbito da escola.

Nesta parceria a Secretaria da Educação teve muitos ganhos e o Núcleo de Arte considera de fundamental importância a sua continuidade e esclarece que, todas as ações decorrentes dela foram sempre pensadas e planejadas em conjunto a partir das reais necessidades da área de arte da rede municipal de ensino, pois é fruto de avaliação criteriosa e contínua.

O Arte na Escola possui o Prêmio Arte na Escola Cidadã, em âmbito nacional, do qual a professora Rosane Mari dos Reis, foi premiada na categoria Educação Infantil e a professora Meriane Otero, foi finalista no ano seguinte, ambas concorreram com escolas de todo o território nacional.


Quais os planos da Secretaria da Educação para melhorar o aprendizado de arte dos alunos?

Dar continuidade à proposta de educação continuada com os grupos de estudos, realizar oficinas de capacitação aos professores de arte, por meio dos professores que tem uma prática docente consistente tanto do ponto de vista conceitual como educativo e que se prontificarem a socializar sua experiência docente. Acreditamos que estas oficinas por um lado valorizarão os professores que se destacam pela sua dedicação e o seu trabalho diferenciado em sala de aula. Por outro será um estímulo aos demais, pois estes perceberão concretamente que é possível sim ter um bom trabalho, apesar do tempo tão pequeno para o ensino da arte.

Ampliar, em parceria com o Programa Arte na Escola da Univille, o acompanhamento da implementação da proposta educativa em arte nas escolas, pelos professores, auxiliando na busca de referenciais visuais e conceituais, nas dificuldades que possam surgir.

Ampliar os espaços das Escolas Municipais com Sala de Arte, equipando-as com materiais disponíveis a criação e elaboração das construções dos alunos; equipar as bibliotecas das Escolas com material de arte para pesquisa do corpo docente e discente.

Ampliar a participação dos professores de arte em reuniões pedagógicas, pois estes ao compartilharem os conteúdos de arte, as formas de abordagens e os benefícios para o desenvolvimento da percepção, da sensibilidade, da atenção e do pensamento criativo têm contribuído significativamente para uma abordagem educativa mais integrada na escola, ajudando assim para a melhoria da qualidade da alfabetização.

Ampliar e capacitar os professores para uso das tecnologias nas aulas de arte. Aumentar o número de aula de arte, de uma aula semanal para duas aulas semanais, por turma. Pois estamos conscientes da importância desta disciplina para a formação humana e para a alfabetização, pois desenvolve a sensibilidade, a percepção, o pensamento crítico e criativo. Em pesquisa realizada pelo Instituto Arte na Escola observou-se que nas escolas que possuem um bom ensino da arte o índice de aproveitamento na língua portuguesa e matemática é maior, o que aumenta o índice no IDEB.

Para tanto o Núcleo de Arte da Secretaria da Educação, consciente do papel desta disciplina na formação das crianças e para o fortalecimento de uma consciência cidadã, apoia e estimula os profissionais para que participem da formação continuada, a fim de que a disciplina de Arte contribua para melhoria da alfabetização dos nossos alunos.

 

0 comentários:

Festival de teatro Ponto de Vista




O Festival de Teatro Universitário “Ponto de Vista” caracteriza-se como uma mostra artística de teatro universitário, com atividades complementares como,  oficinas artísticas, mesas redondas, palestras e  lançamentos de livros vinculado ao Projeto de Extensão, diretamente relacionada aos cursos de Licenciatura em Teatro e Licenciatura em Teatro – Modalidade à distancia da UFMA, coordenado pela Professora Doutoranda Michelle Cabral.
O objetivo do Festival é a difusão das pesquisas da cena teatral na universidade, a fruição artística, o apuro estético e a prática extensiva entre alunos (as), professores (as) e comunidade.

Para o Centro Acadêmico de Teatro da UFMA, “O Festival de Teatro Universitário Ponto de Vista, coloca o Curso de Licenciatura em Teatro em evidência, além de ser um marco para as produções teatrais universitárias na UFMA e demais universidades convidadas, pois além de proporcionar o movimento das Artes Cênicas no Maranhão, visa à troca de experiências com as demais Universidades Públicas, que tem o curso de Licenciatura em Teatro. Nós convidamos tod@s para participar, por que o Festival está com uma ampla programação, composta por: Espetáculos Teatrais, Performances, Oficinas, Mesas Redondas e Vivências Teatrais com @s estudantes universitári@s, secundaristas, atores, atrizes e a sociedade em geral.” Dayana Roberta

De acordo com Michelle Cabral - Coordenadora Geral “O Festival de Teatro Universitário Ponto de Vista se caracteriza como um espaço que propiciará tanto à comunidade acadêmica quanto à comunidade não universitária de uma maneira ampla, o usufruto da cena teatral produzida na UFMA, criando um espaço de troca artística e de saberes, como também proporcionando aos alunos (as), professores (as) e comunidade um intercâmbio cultural de fundamental importância, tirando o teatro universitário de dentro dos “muros” de seu espaço estrutural. O festival apresentará as produções artísticas dos grupos universitários, dos exercícios cênicos resultantes de disciplinas práticas e ainda a pesquisa de professores (as) e alunos (as) no âmbito da criação e produção teatral. Toda essa produção acadêmica se consolidará em contato com a sociedade que poderá assistir a produção teatral universitária por meio da mostra artística, propiciando um intercâmbio cultural de grande significância, como ainda, oferecendo à comunidade em geral atividades complementares como oficinas artísticas, mesas redondas, dentre outras, ampliando o alcance de sua proposta de reflexões sobre a produção, o estudo e o ensino do teatro dentro das universidades.”

O Festival de Teatro Universitário acontecerá no Centro de Ciências Humanas – CCH, na Universidade Federal do Maranhão no período de 10 a 14 de junho.
A Mostra Artística do festival acontecerá no Teatro Alcione Nazareth, no Centro de Criatividade Odilo Costa Filho na Praia Grande, no mesmo período sempre às 19h. As atividades são abertas para a comunidade, entrada Franca!

Programação e informações:


0 comentários:

ARTEAÇU


ARTEAÇU
Artes Visuais no Maranhão: perspectivas históricas e educativas

Buscando valorizar a produção artística maranhense, o evento de Artes Visuais, o ArteAçu, abre a temporada de novas reflexões neste campo, estimulando ainda a produção de trabalhos e o reconhecimento de novos artistas.

O projeto é uma proposta dos estudantes da disciplina História das Artes Visuais no Brasil, do curso de Licenciatura em Artes Visuais do IFMA – Centro Histórico, coordenados pela professora Luciana Aguiar em parceria com o polo “Arte na Escola”, sediado na UFMA. A ideia é permitir que o público tenha acesso às mais diferentes manifestações artísticas, de forma gratuita e discuta as questões relacionadas a arte maranhense.

Entre as atividade propostas, o ArteAçu irá reunir mostras e performances artísticas, mini- cursos e oficinas, mesas redondas, palestras, instalações, apresentações culturais, intervenções e exibição de produções audiovisuais. As inscrições para a exposição seguem abertas até o dia 10 de junho.

As inscrições para participantes já estão abertas e seguem até o dia 19 de junho. Para garantir a vaga, basta acessar o blog www.arteacuifma.blogspot.com.br/ .

É a valorização do artista maranhense e do ensino da arte, com apoio do Instituto Arte na Escola.

SERVIÇO
ArteAçu - Artes Visuais no Maranhão: perspectivas históricas e educativas
Local: Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, na Praia Grande (Centro Histórico)
Data: 20 e 21 de junho
Entrada franca
Assessoria de Imprensa
Laryssa Madeira – Tel: (98) 88332790
Luciana Aguiar – Tel: (98) 8846 2996

0 comentários:

Plantão Prêmio Arte na Escola


PLANTÃO DE ATENDIMENTO

Se você tem qualquer tipo de dúvida técnica ou pedagógicas sobre como inscrever o seu trabalho noXIV Prêmio Arte na Escola Cidadã, estaremos à sua disposição neste fim de semana, 25/05 e 26/05, em um plantão de atendimento a partir das 10h. Lembramos que apenas quem concluir a inscrição terá direito ao material educativo com a obra de Nuno Ramos e uma proposta de utilização em sala de aula. Escolha a melhor forma de comunicação para você e entre em contato conosco. Participe!

0 comentários:

Encontro de Arte e Crítica (Sesc Deodoro)

Lastro – intercâmbios livres em arte

Lastro – intercâmbios livres em arte é pesquisa, viagem, (re)conhecimento e proposta curatorial. É também lugar de informação, comunicação, encontros e trocas. Pretende ser abrigo e rizoma de práticas e reflexões sobre arte contemporânea no contexto da América Latina e suas reverberações além-territórios.
Uma plataforma independente de conteúdo e relações no âmbito das artes visuais construída para potencializar o diálogo entre profissionais latino-americanos e/ou atuantes neste contexto, e para difundir suas práticas para o público em geral. Uma rede de trabalho e pesquisa tramada organicamente por seus usuários.
Artistas, críticos e curadores são convidados a, sem qualquer ônus, disponibilizar material de consulta como imagens de obras, vídeos, áudios e textos, divulgar eventos e participar do fórum de debates, por meio de um cadastro individual. Espaços de arte, instituições, galerias e “projetos” como publicações, websites, eventos periódicos e residências também estão presentes na página, porém em formato de catalogação.
A partir do pressuposto de que o embasamento histórico, cultural e artístico de um país é importante para o acesso mais horizontal à sua produção artística contemporânea, teóricos da arte e cultura foram convidados à realização de ensaios especiais para o Lastro. Cada país já integrante da plataforma de pesquisa recebeu olhares descritivos e subjetivos sobre seu legado recente.



Encontros de Arte e Critica



Palestra com Juliana Borzino
28 de maio  - 14:30 
Aberta ao público







Workshop com Yuri Firmeza

28 de maio - 15:30
29,30 e 31 de maio 15h
70 vagas
Inscrições
e-mail: galeriaartesescma@gmail.com
Tel: 98 3216-3830
Local: Auditório Sesc Deodoro.
Av. Silva Maia, 164- Centro
Cep: 65020-570

0 comentários:

Curso de formação em teatro de Animação


O Pólo Arte na Escola UFMA esta apoiando esse iniciativa do grupo de pesquisa Casemiro Coco. A formação continuada de professores é um dos eixos norteadores de nosso pólo. Não perca oprtunidade de ter acesso a variadas técnicas de teatro de animação.

0 comentários:

Projeto de Exposição Itinerante "Releituras"





O Arte na Escola, Polo UFMA, institui o regulamento de seleção para o Projeto de Exposição Itinerante ENSAIO ACADEMICO, em sua primeira edição de  2013,  com a finalidade de  selecionar
trabalhos  artísticos  na modalidade de artes visuais que contemplem a  temática  “Releituras”,  para
exposições  itinerante na Cidade Universitária  (UFMA)  e em Escolas da Comunidade,    na cidade de
São Luís, Estado do Maranhão


Baixar o regulamento

0 comentários:

9 ENCONTROS SOBRE ARTE CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA (Para que for passar por São Paulo)


Inscrições abertas!
 
9 ENCONTROS SOBRE ARTE CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA
 
O Educativo Bienal promoverá 9 Encontros sobre a Arte Contemporânea Brasileira entre os dias 24 de abril e 28 de setembro. O curso de 30 horas tem a proposta de refletir sobre conceitos, artistas e obras da 30 X Bienal, mostra que acontecerá de 17 de setembro a 8 de dezembro, celebrando os 60 anos da Fundação Bienal de São Paulo.
 
Com a intenção de conversar sobre as experiências pessoais como formas de aproximação com a arte, os encontros de formação também contarão com Ações Poéticas que propõem experiências estéticas, como outras formas de entendimento da arte e estímulo à percepção.
 
Fazendo a sua inscrição, você pode escolher os encontros dos quais participará. No final do curso (28 de setembro), entregaremos um certificado contemplando o número total de horas que cursar.
 
 
PROGRAMA DO CURSO
 
1º encontro:30 X Bienal
24 de abril (qua), das 19h às 22h
Conteúdo abordado: projeto curatorial e projeto educativo
Palestrante: Paulo Venâncio Filho e Stela Barbieri
 
2º encontro:Quantos vermelhos existem no mundo?
06 de maio (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Antonio Manuel e Milton Dacosta, entre outros
Palestrante: Stela Barbieri
 
3º encontro:Onde começa a forma?
13 de maio (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Hélio Oiticica e Iole de Freitas, entre outros
Palestrante: Pablo Tallavera
 
4 º encontro:Qual o espaço do esquecimento?
27 de maio (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Maria Martins e Nuno Ramos, entre outros
Palestrante: Matias Monteiro
 
5 º encontro: Como se ocupa o espaço?
17 de junho (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Artistas da Geração 80
Palestrante: Carlos Barmak
 
6 º encontro:Quando o objeto vira imagem?
24 de junho (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Luiz Sacilotto e Abraham Palatnik, entre outros
Palestrante: Elaine Fontana
 
7 º encontro:Quando vira arte?
12 de agosto (seg), das 19h às 22h
Artistas abordados: Cildo Meireles e Nelson Leiner, entre outros
Palestrante: Ricardo Miyada
 
8 º encontro:Material é imaterial?
26 de agosto (seg), das 19h às 22h
Conteúdo abordado: Material educativo e artistas da mostra
Palestrante: Stela Barbieri
 
9 º encontro:Visita orientada à exposição
28 de setembro (sáb), das 10h às 17h
 
 
SERVIÇO:
9 Encontros Sobre Arte Contemporânea Brasileira
Datas: 24/4, 6/5, 13/5, 27/5, 17/6, 24/6, 12/8, 26/8, 28/9*
Horário: das 19h às 22h*
                 *no dia 28/9, a visita ocorrerá entre as 10h e 17h 
Local: Pavilhão da Bienal - Parque do Ibirapuera, Portão 3 – Auditório da Bienal (Lounge Bienal/Porão das Artes)
Público: professores, educadores sociais, estudantes e interessados.
Informações: (11) 5576-7611 | educativo@bienal.org.br    
 
É necessário talão de Zona Azul para estacionar no parque. Traga o seu! E não esqueça: o cartão de 1 hora, no parque, vale por 2 horas.
 
 
SOBRE OS PALESTRANTES:
 
Paulo Venâncio
É curador da  30 X Bienal, exposição que acontecerá no segundo semestre de 2013 em comemoração aos 60 anos de Fundação Bienal. Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Atualmente é professor titular da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em História da Arte, atuando principalmente nos seguintes temas: arte contemporânea, arte brasileira, crítica de arte, pintura e cultura brasileira.
 
Stela Barbieri
Artista plástica, curadora educacional da Fundação Bienal de São Paulo desde julho de 2009, e diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake, desde agosto de 2002. Educadora há 25 anos na Escola Experimental Vera Cruz, atualmente é assessora de artes da Educação Infantil e Ensino Fundamental Ciclo I. É também assessora de artes das escolas Castanheiras e Nossa Senhora das Graças. Participou durante sete anos do programa “Escola que Vale” da ONG CEDAC (Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária) desenvolvendo oficinas de artes em várias regiões do país para professores de escolas públicas. Stela é também contadora de histórias e autora de livros infanto-juvenis.
 
Pablo Tallavera
Artista plástico, educador e pesquisador. Formou-se em Educação Artística pela FAAP em 2006 e trabalha com arte e educação há oito anos. Atuou como educador em várias exposições e instituições culturais de São Paulo, fazendo visitas educativas e cursos de formação para professores e educadores. É coordenador da formação de educadores da Fundação Bienal de São Paulo, pesquisador em processos experimentais de educação em exposições de arte e em processos artísticos contemporâneos a partir do seu trabalho em pintura. Também é pesquisador musical e atua como DJ de eventos culturais.
 
Matias Monteiro
Possui mestrado em Arte na linha de pesquisa de Poéticas Contemporâneas (2008) e bacharelado em Artes Plásticas (2004) pelo Instituto de Artes da Universidade de Brasília. Atua como artista, curador, professor e junto a programas educativos em museus e espaços culturais. Tem experiência na área de Arte, com ênfase em Artes Plásticas, atuando principalmente nos seguintes temas: Arte moderna e contemporânea, Arte e Psicanálise, Poéticas Contemporâneas, Fruição e Apreciação da obra, Educação em Museus, Expografia Moderna e Paedoestética e Poéticas do Infantil. Atualmente é graduando do curso de Museologia da Universidadede Brasília.
 
Carlos Barmak
Educador, artista plástico, artista gráfico e compositor. Formado pela London International Film School, Londres em 1982. Trabalhou como assistente de atelier e montagem do artista plástico americano Dennis Oppenhein, Nova York,1984. Foi coordenador geral e de criação do Setor Educativo do Museu de Arte Moderna de São Paulo – Educativo MAM, de 1997 a 2004. Coordenador geral do Setor Educativo do Instituto Moreira Salles, de 2005 a 2007.  Coordenador pedagógico do Instituto Rodrigo Mendes. Professor formador do Programa Escola Que Vale- Do Centro De Educação e Documentação para Ação Comunitária (Cedac). Professor de cursos de arte contemporânea para público em geral, professores e educadores do Instituto Tomie Ohtake. Coordenador de Ensino do Educativo da Fundação Bienal de São Paulo.
 
Elaine Fontana
Especialista em educação e curadoria pelo MAC/USP e graduada em Artes Visuais, bacharelado e licenciatura pela FMU. Integra equipe da área de ação educativa do Museu Lasar Segall há 8 anos e está atualmente na coordenação de equipe e projetos. Por dois anos exerceu cargo de professora na rede estadual de ensino de São Paulo e desde 2003 trabalha como educadora em diversas instituições culturais. Atualmente coordena a formação de educadores da Bienal de São Paulo, onde trabalha desde 2010.
 
Ricardo Miyada
Educador, escritor, fotógrafo e cineasta, trabalha no Educativo Bienal de São Paulo como palestrante e produtor de conteúdo. Em 2010, ministrou oficina de vídeo no SPA das Artes, no Recife e, em 2011, curso de fotografia no Instituto Tomie Ohtake (ITO). Escreveu material educativo de professores e alunos para o ITO e para o Museu de Arte do Rio de Janeiro. Ingresso no Curso Superior do Audiovisual da Universidade de São Paulo em 2008, trabalhou durante dois anos no CINUSP Paulo Emílio, produzindo mostras, workshops e catálogos para os membros da universidade.  Realiza curtas-metragens como diretor, fotógrafo e roteirista.  Em 2010, corroteirizou o episódio piloto e o projeto de série animada "Platz na Cidade", realizado pelo AnimaTV.

0 comentários:

Arte Contemporânea do Maranhão


Para Lygia Clark e Hélio Oiticica, o artista é o propositor. “Nós somos os propositores: nós somos o 
molde. Nós somos os propositores: nossa proposição é o diálogo. Sós, não existimos”, diz Clark (1983). Como eles, somos também propositores quando lançamos nossos aprendizes na criação, na produção de sentidos, no enfrentamento do não saber... Como na experiência com a fita de Moebius, em Caminhando,1
 obra de Lygia Clark, em 1964, movemos o outro e a nós mesmos para viver experiências estéticas, não mais da maneira espontaneísta da escola que só valorizava o fazer, mas na consciência de si, na percepção dos próprios processos de criar, pensar, produzir significados, de se colocar vivo na experiência, de 
compartilhá-la com outros na conversa que se torna espaço do diálogo, do enfrentamento da diferença, da inquietude da desaprendizagem de nossas amarras conceituais.(Martins, Arte, só na aula de arte?Educação, Porto Alegre, v. 34, n. 3, p. 311-316, set./dez. 2011)

Acima temos o trecho que um artigo da Professora Mirian Celeste, onde ela coloca a importância da experiência estética para o formação de nossos discentes. Temos  em nossa cidade uma exposição de fotografia que é uma ótima oportunidade para exercitarmos o olhar de nossos alunos sobre  a arte contemporânea.
Vamos lá?

0 comentários:

"A CIDADE E A MEMÓRIA: AS REPRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS FORMANDO A IDENTIDADE LUDOVICENSE"







O Pólo Arte na Escola divulga este lançamento de livro, destacando como é significativo verificarmos nossa identidade  artística.Material muito importante para professores de arte.

"Ao ler a obra: A cidade e a memória: as representações artísticas formando a identidade ludovicense, de autoria de João Carlos Cantanhede e Raimunda Fortes, tive o prazer de visualizar como em São Luís as questões levantadas acerca da relação entre arte e cidade se configuraram na supracitada, e o resultado de como isso se estabeleceu é de encher os olhos. Na obra desses autores pude ver como a cidade de São Luís tem sido representada ao longo dos tempos, desde os idos coloniais até a contemporaneidade. "  José Henrique de Paula Borralho

"A CIDADE E A MEMÓRIA: AS REPRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS FORMANDO A IDENTIDADE LUDOVICENSE" 
de autoria de Raimunda Fortes e João Carlos Pimentel Cantanhede
DATA: 19\04\2013; 
HORÁRIO: 19h
LOCAL: Galeria de Arte do SESC - Praça Deodoro, São Luís-MA

Aguardamos você!
Abraços,
Raimunda Fortes

________________

0 comentários:

Prêmio Arte na Escola





Olá arte educadores. Estamos muito felizes em anunciar que o Prêmio Arte na Escola esta com suas inscrições abertas para a edição de 2013. Nosso Pólo irá realizar orientações para a  inscrição no prêmio aos professores interessadores.

Para agendar as orientações, basta enviar um e-mail para : artenaescola@globo.com















 O Prêmio Arte na Escola Cidadã e oferecido pelo Instituto Nacional Arte na escola, que busca premiar propostas inovadoras no ensino de arte nas escols do Brasil

Segue link do Prêmio para maiores informações: http://artenaescola.org.br/premio/

0 comentários:

Edital de Salvaguarda da música, canto e dança de comunidades afrodescendentes

Caros,
Compartilho notícia de lançamento do edital de Salvaguarda da música, canto e dança de comunidades afrodescendentes, proposto pelo Departamento de Patrimônio Imaterial.
Por favor, ajudem a divulgar entre os parceiros.
Atenciosamente,
Departamento do Patrimônio Imaterial
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
SEPS Quadra 713/913 Bloco D - Asa Sul |4º andar |CEP.70.390-135 | Brasília-DF
Fone: 61 2024-5400
Fax: 61 2024-5420

0 comentários:

Dicas de blogs



O Pólo Arte na Escola UFMA sempre procura realizar aproximações com parceiros e pessoas que produzem um material interessante sobre arte e cultura. Pensando nisso, indicamos esses blogs que produzem um material muito útil para as nossas aulas:

1. Renatinho
http://averequete.blogspot.com.br/
2. Edgar Rocha ( Fotógrafo)
http://fotografoedgarrocha.blogspot.com.br
3. Casa da ARTE
http://www.casadaartebrasil.blogspot.com.br/
4. HISTÓRIA DO TEATRO MARANHENSE
http://historiadoteatromaranhense.blogspot.com.br/

SITES
LITERATURA

1.http://www.guesaerrante.com.br/

Cultura, Informação e Entretenimento
1.JOEL JACINTO - JORNALISTA
http://joeljasinto.blogspot.com.br

0 comentários:

Inquitações criativas em 2013... se sacode para criar!

 Olá Professores e apreciadores das Artes.

Estamos iniciando no Arte na Escola  UFMA nosso planejamento de atividades para 2013.
Gostaríamos de contar com os professores de arte neste jornada.
Que tal iniciarmos com oficinas de formação continuada de curta duração?
Um tema por tarde: atualizando e revendo conteúdos de minhas aulas de arte.
Deixe nos comentáruos a  sugestão de conteúdos que você gostaria de ver sendo abordados em nossas formações.
Para começar o ano....
Lembra no orkut? Nele as pessoas colovam umas imagens animadas e bichinhos e bonecos.  Pois bem, a coisa evoluiu e agora os Gifs animados também são arte.

Se inspire em nossa galeria de Gifs animados:












Te esperamos no Pólo
Equipe Arte na Escola UFMA





















0 comentários:



 O Pólo UFMA  firma parceria com a Escola Paroquial Frei Alberto para formação continuada dos professores em Arte, estágio curricular e desenvolvimento do Plano de Ação 2013. A escola tem como eixo principal do Projeto Político Pedagógico Curricular o Teatro e as Artes Visuais. A parceria já vem acontecendo mas a inovação é a ampliação das ações conjuntas que abre perspectivas para a consolidação de pesquisas, estudos e desenvolvimento de formação de professores - inicial e continuada - nas diferentes linguagens artísticas. 

0 comentários:

Vem aí o I Festival de Arte Contemporânea da UFMA - “ Ocorpo e seu universo”
Realizado por alunos da turma de Oficina Integrada do curso de Educação Artística/UFMA, o evento pretende integrar diversas linguagens artísticas (teatro, visuais, musica, literatura, dança, cinema...) promovendo uma discussão a cerca da arte contemporânea no cenário acadêmico.
PERÍODO: 26/02 a 01/03/ 2013-01-17
LOCAL: CCH-UFMA
CONTATO: coletivodasartesufma@gmail.com

Envie sua proposta e venha fazer parte deste evento histórico na Universidade
Inscrições de trabalhos gratuitas até dia 8 de fevereiro/2012.

0 comentários:

Olá Rueiros do nosso imenso Mará, saudações!

Vai acontecer o XII ENCONTRO DE TEATRO DE RUA da Rede Brasileira de Teatro de Rua.

O encontro acontecerá em Brasília no período de 28 a 03 de março. Não tem ninguém do Maranhão até agora. O encontro é importante pois vai reunir artistas de teatro de rua de todo o país para discutir políticas públicas e trocar experiencias. 

Para aqueles que ainda não são cadastrados na Rede de Rua, aproveitem, se informem e cadastrem-se:

Ajudem a divulgar e participem!

Abraços,

Michelle Cabral

Cia.MiraMundo

São Luís/MA

0 comentários:

Pesquisa Pólo Arte na Escola UFMA


“Dos dois lados: o que se ensina e o que se aprende nas aulas de arte nas escolas do Maranhão?”


O Pólo Arte na escola UFMa esta em Imperatriz em andamento com sua pesquisa. Nossa proposta é mapear o modo de como estamos ensiando arte nas escolas do Maranhão. Nesta última visita a Coordenadora do Pólo Ana Socooro visitou as escolas municipais: Escola Municipal Santos Dumont  e Escola  Municipal Frei Manoel Procópio. Nossa pesquisa continua em andamento e deremos sequência aos nossos processos investigativos.








 
                                             Escola  Municipal Frei Manoel Procópio

                                                      Escola Municipal Santos Dumont
  
Sr. Secretário de Educação Professor Zesiel Ribeiro
Coordenadora da Escola Municipal Frei Manoel Procópio,  Arlete Caserimo e Edna Ventura. Representantes da Secretaria de Educação do Município

0 comentários:

Retorno do Pólo Arte na Escola UFMA

.

O Pólo Arte na Escola Ufma já retomou suas atividades de 2013.
Iniciamos o ano propondo ao professor e interessado em arte que investigue ferramentas na web para suas aulasde arte. O pólo Arte na Escola UFMA fez um breve seleção de sites interessantes sobre arte. 
Muitos estão em inglês, mas podem ser falcimente traduzidos com o navegador do Google Chrome: http://support.google.com/chrome/bin/answer.py?hl=pt&answer=173424

Pintura: Art Detective http://www.eduweb.com/pintura/ 

Torne-se um detetive e identifique o artista de uma pintura. Ensina os conceitos de        estilo, composição e sujeito necessário para resolver o quebra-cabeça.

Contém uma boa variedade de atividades divertidas e educativas artísticas para notas de 1 a 5.

Questões de cor http://www.colormatters.com/ 
Jovens artistas e interessados ​​em cores vão querer ver como a cor afeta a nossa mente e corpo, a sua utilização em design e arte, além de muito mais. Explica sistemas de aditivo e subtrativo de cores, como o olho vê cores, e como outras culturas visualizar e usar cores.

Crianças Haring http://www.haringkids.com/

Artista Keith Haring se dedicou a  crianças. Neste site, ele compartilha sua visão da arte com eles e inspira-os a descobrir o seu lado criativo. As atividades incluem jogos, quebra-cabeças, desenhos para colorir, histórias e muito mais. Planos de aula para cada seção estão disponíveis para professores.

Um jogo que explora uma pintura de dentro para fora. Você 'fuga' da pintura depois de responder: "Quem? / O que? / Onde? / Como? "Perguntas.

Kodak  http://www.kodak.com/ek/US/en/Consumer_Products/Tips_Projects_Center/Tips_from_the_Pros.htm

Oferece uma riqueza de informações sobre formas de melhorar a qualidade artística das fotos que você tomar ao mesmo tempo ajudar você a entender as questões técnicas de fotografia também. Recomendado para o iniciante sério para fotógrafo intermediário.

Quantas cores você pode fazer através da mistura de vermelho, amarelo e azul? Cor William, o hipopótamo, para descobrir.

Aprenda a Desenhar com Gary Harbo http://www.garyharbo.com/activity.html

Se você quer aprender a desenhar caricaturas, dê uma olhada neste site de autor das crianças 'livro e ilustrador, Gary Harbo. Cada mês você vai encontrar um desenho novo que você pode desenhar, após 10 etapas fáceis.

Fazendo Câmeras Pinhole com Caixa de Aveia http://users.rcn.com/stewoody/makecam.htm

Fácil de entender, instruções detalhadas mostrar-lhe como fazer uma câmera pinhole de uma caixa comum de aveia Quaker Oats.

Metropolitan Museum of Art - Explorar e Aprender http://www.metmuseum.org/learn/for-kids
 
Inclui jogos de arte como "O que é isso?", Atividades, entrevistas, histórias, arte em sala de aula, um FAQ sobre o museu, e muito mais.


0 comentários: